Radio online

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Com mais de 96%, nova diretoria é eleita para SindCom

Na última quinta-feira (31), os trabalhadores das concessionárias e do comércio atacadista, varejista, de gêneros alimentícios e de material de construção foram às urnas para eleger seus novos representantes. A Chapa 1, sob a presidência de Everton Alves Laurindo (Pingo), foi eleita com 96,02% dos votos válidos para assumir o comando do Sindicato dos Comerciários de Catalão (SindCom) pelos próximos quatro anos. No total, foram 14 diretores eleitos. A solenidade de posse está prevista para acontecer em 21 de junho, juntamente com a inauguração da sede nova.
Pingo é o atual vice-presidente da entidade e considerou a vitória expressiva devido ao trabalho que já está sendo desenvolvido. “Já conhecemos bem os anseios da categoria. O nosso compromisso é de continuar trabalhando com muita garra e bastante seriedade”, afirma. Segundo ele, a luta pelos comerciários de Catalão não é fácil, por ser uma categoria grande em números, mas com uma alta polarização. Pingo reforça também que o trabalhador precisa contribuir para fortalecer a luta. “O compromisso de lutar por melhorias não é só papel da diretoria, os trabalhadores precisam participar. Contamos com o apoio de todos para fazer muito mais nos próximos anos”, lembra.
Para Eduardo Amorim, presidente da Federação dos Trabalhadores no Comércio de Goiás e Tocantins (Fetracom), entidade em que o SindCom é filiada, o mais importante foi Everton ter trabalhado em função dos comerciários independente do cargo em que ocupava. De acordo com ele, o resultado das urnas foi a coroação pela sua atuação ao lado dos demais diretores. “Os trabalhadores entenderam que eles formam a melhor equipe para representá-los e defendê-los. A Federação se sente orgulhosa pelo SindCom ser tão respeitado. Agora, a parceria entre Sindicato e Federação será fortalecida e com certeza mais melhorias e benefícios para os comerciários serão conquistados”, ressalta Eduardo.

 Por Juliana Barbosa – Assessoria de Imprensa SindCom

Nenhum comentário:

Postar um comentário