Radio online

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Celg poderá ser vendida na proxima quarta-feira (30)

O governador Marconi Perillo (PSDB) vai, enfim, conseguir um de seus maiores objetivos: vender a Celg, a maior empresa de Goiás, a preço de banana. A empresa deve ser leiloada na próxima quarta-feira, 30 de novembro, por R$ 1,79 bilhão. Como Goiás possui 49% das ações, cerca de R$ 912 milhões apenas ficarão nos cofres do Estado.

Vale lembrar que o governador Marconi Perillo (PSDB), de 2011 para cá, já contraiu quase R$ 6 bilhões em empréstimos para sanear a Celg - mas não conseguiu saneá-la. Só em dezembro de 2011 o Estado tomou, de uma só vez, um empréstimo de R$ 3,5 bilhões para pagar dívidas da empresa.

A Celg é hoje a penúltima colocada, ocupando a 35ª posição entre 36 grandes distribuidoras de todos os Estados, no ranking de qualidade da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A empresa goiana supera, em qualidade, apenas a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário