Radio online

terça-feira, 23 de maio de 2017

Metalúrgicos de Catalão seguem para Marcha em Brasília

Aproximadamente 200 pessoas saem nesta madrugada de Catalão em direção a Brasília para participarem da Marcha Nacional de Trabalhadores que acontece amanhã (24). Elas vão se juntar às centrais sindicais e aos movimentos sociais, estudantis e populares que estarão concentrados na capital federal para protestarem contra as reformas da previdência e trabalhista propostas pelo Governo Federal. O objetivo é pressionar deputados e senadores para barrarem as reformas que estão tramitando no Congresso Nacional.

Além do Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (SIMECAT), seguem para Brasília trabalhadores de outras categorias, camponeses, professores e estudantes. A caravana composta por três ônibus, duas vans e um microônibus sairá da cidade por volta de 1h desta quarta. A participação de Catalão na marcha foi organizada pela Frente Sindical Contra as Reformas, fundada no mês de janeiro por sindicatos e movimentos sociais no intuito de lutar contra as medidas neoliberais do governo Temer. 

A concentração de trabalhadores em Brasília se iniciará às 9 horas, no Parque da Cidade. De lá, às 11 horas, os trabalhadores seguirão em direção ao Congresso, onde será realizado o ato contra as reformas.

Acampamento da Resistência

Sindicatos de Metalúrgicos de todo o País, ligados à Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM), preparam um acampamento em frente ao Congresso Nacional. Já estão confirmadas em torno de 300 barracas para dirigentes sindicais e trabalhadores, sendo que este número tende a aumentar. O Acampamento da Resistência terá início logo após a Marcha e tem o objetivo de manter a vigília em defesa dos direitos dos trabalhadores. 

O SIMECAT estará presente no acampamento junto à delegação de metalúrgicos de Goiás. A iniciativa do acampamento é da CNTM, porém, o espaço deve receber também companheiros de outras categorias que estejam dispostos a contribuir com a luta. O presidente do SIMECAT e secretário de finanças da CNTM, Carlos Albino, está desde a semana passada em Brasília coordenando os preparativos para o acampamento, que não tem previsão para se encerrar. Todos os dias, às 9 horas, já está programada assembleia para fazer os encaminhamentos do dia no acampamento.

Por Juliana Barbosa – Assessoria de Imprensa SIMECAT

Nenhum comentário:

Postar um comentário